Conselhos para deixar de procrastinar na poupança

Já parou para pensar na quantidade de decisões que adia diariamente? Na hora de fazer exercício físico, na aprendizagem de um novo idioma, e inclusivamente no momento de realizar a sua planificação financeira e poupar mensalmente. A procrastinação e a poupança andam de mãos dadas involuntariamente, pelo que neste artigo encontrará alguns conselhos para deixar de lado as desculpas e pôr em dia as suas finanças pessoais.

Dizem-nos desde crianças e reafirmamo-lo em adultos: “não deixes para amanhã o que podes fazer hoje”. A procrastinação trata disso, do hábito de adiar atividades que devem ser realizadas, substituindo-as por outras situações que tendem a ser mais agradáveis e que satisfazem necessidades imediatas. Quando a procrastinação chega à poupança, a nossa economia e a gestão da vida diária tornam-se ineficazes, uma vez que adiamos a concretização de objetivos, como poupar para a reforma. Em consequência, desse adiamento, os gastos sem controlo apoderam-se das nossas vidas e, portanto, poupar converte-se numa tarefa cada vez mais difícil. Quais são as principais razões e desculpas para procrastinar na poupança?

“Não ganho dinheiro suficiente para poupar”

Pensar que haverá tempo para economizar quando começar a ganhar mais dinheiro é um erro, pois deixa o tempo passar com a incerteza de saber se irá aumentar os seus rendimentos a curto prazo. Não há dúvida de que, quanto maior o seu salário, maior será a capacidade de poupança, mas também a possibilidade de continuar a desperdiçar. Se é consciente disso, faça um planeamento, fixe uma proporção aos seus rendimentos mensais para a sua poupança e concretize-a.

“Tenho outras prioridades e gastos no presente”

Há quem considere que a quantidade de despesas no presente impossibilita a realização de uma poupança mensal. No entanto, refletir sobre os gastos que podemos evitar mensalmente, como os gastos formiga, pode fazer-nos compreender que se trata de dar prioridade ao que realmente importa. Que aconteceria se evitasse comer fora uma vez por semana, se deixasse de fumar, ou se abdicasse da aula de pintura que nem tem o hábito de frequentar? Reflita sobre as suas necessidades e poderá descobrir como alguns dos seus hábitos não são tão necessários e pense no que diria ao seu “eu” do futuro.

Fazer um orçamento invertido para acabar com as desculpas

Para deixar de procrastinar na poupança de maneira definitiva, uma das grandes soluções ao seu alcance passa por realizar um orçamento invertido. Para poder executar um orçamento invertido ou “reverse budgeting”, será necessário estabelecer primeiro no seu orçamento mensal um valor ou percentagem destinado à poupança. Ou seja, deverá dar prioridade à poupança na hora de planear os seus gastos mensais de acordo com os seus rendimentos. Para o tornar possível de uma maneira mais ligeira, a regra 50/20/30 da poupança pode servir-lhe de ajuda para conseguir a disciplina financeira que tanto anseia. Graças a esta técnica terá a certeza de que poderá guardar parte do seu dinheiro todos os meses e verá crescer as suas economias.

Escreva um comentário

O seu comentário será analisado pelos nossos editores antes de ser publicado. O seu endereço de e-mail nunca será publicado.

Este campo é obrigatório.
null Black Friday e outras datas importantes no calendário

Black Friday e outras datas importantes no calendário

Adaptamos tradições e culturas e, é por isso que, nos últimos anos, novembro se tem tornado, por excelência, no mês da “Black Friday”. Quer seja por necessidade ou por puro consumismo, este dia está marcado no nosso calendário para nos fazer adquirir artigos com desconto. Além disso, a Black Friday decorre nas semanas que antecedem o Natal e, portanto, é o momento para se preparar para esta e outras datas importantes do calendário.

A Black Friday, também conhecida como “sexta-feira negra”, dá início à época de compras de Natal, após o Dia da Ação de Graças nos EUA. No dia 29 de novembro de 2019, e coincidindo sempre com a última sexta-feira deste mês, a Black Friday reúne centenas de milhares de empresas em torno das vendas e dos descontos dos seus produtos e serviços. Como já referimos em anos anteriores, a Black Friday é uma oportunidade para poupar, aproveitando as ofertas, uma vez que os artigos que tínhamos em mente anteriormente podem, agora, ter grandes descontos. No entanto, não deve concentrar-se apenas nos produtos que deseja adquirir no momento, como aquele aspirador que precisa ou a mudança do guarda-roupa, pelo contrário, deve olhar mais além e pensar noutras datas importantes, como o Natal.

As ofertas da Black Friday geralmente ocorrem durante toda a semana em que são celebradas, para que tenha tempo de fazer todas as compras necessárias. Lembre-se que, planear atempadamente as necessidades de compra vai ajudar a poupar e a evitar que faça compras compulsivas. Portanto, agarre no papel e na caneta, e escreva as sugestões que lhe damos:

  • Presentes de Natal: Se já sabe os presentes que vai oferecer neste Natal, a Black Friday pode ajudar a poupar dinheiro extra e pode adquirir os artigos com mais de um mês de antecedência. Mas, cuidado, não se esqueça de acompanhar o preço desses artigos durante as semanas anteriores, para se certificar se o preço foi alterado e se é vantajoso para si.
  • Presentes de amigos secretos: Embora seja praticamente impossível poupar em almoços e jantares de Natal da empresa ou com amigos, pode fazê-lo com o presente do “amigo secreto” e aproveitar as ofertas da Black Friday e, quem sabe, talvez encontre produtos de qualidade superior, devido aos seus descontos!

 

Outras oportunidades para poupar com as suas compras

Antes da Black Friday, e que se está a tornar cada vez mais conhecido, destacamos o 11/11, ou o "Dia dos Solteiros". Uma efeméride criada na China, em que as principais páginas chinesas de venda online, como a AliExpress, oferecem grandes descontos nos seus artigos. Se é verdadeiramente fã de compras neste tipo de lojas, temos a certeza de que fará parte deste fenómeno mundial.

Antecipámo-nos no calendário de dezembro e estamos mais perto de uma das festividades mais esperadas em todo o mundo, o “Cybermonday’, ou segunda-feira cibernética, uma outra oportunidade de encontrar artigos e presentes a um preço mais reduzido. Vai poder encontrar online ofertas Cybermonday na segunda-feira após a Black Friday.

Novembro é conhecido como um mês importante para se fazerem compras de Natal, mas também para poupar. Embora a compra de presentes durante a Black Friday e a Cybermonday possam ajudar-nos a poupar, estas não são as únicas despesas que vamos ter, uma vez que nesta época também se gasta muito dinheiro em produtos alimentares. Como conselho adicional para gastar menos dinheiro na época natalícia, opte por comprar produtos de marca branca, e fazer refeições em menor quantidade pode marcar a diferença.

Por fim, não se esqueça de ficar atento às nossas redes sociais e ao PSN Club para aproveitar os possíveis descontos que pode encontrar nestas datas!

Escreva um comentário

O seu comentário será analisado pelos nossos editores antes de ser publicado. O seu endereço de e-mail nunca será publicado.

Este campo é obrigatório.